COMO ENVELHECER BEM?

August 7, 2017

 

Com o passar dos anos, nossas atividades vão se adequando ao novo cotidiano, seja relacionado à aposentadoria ou algum outro tipo de atividade que surge com o tempo. É um fato que, com essas novas situações, sentimos cada vez menos estimulo para manter nossos corpos ativos, nos exercitar. Porém se essa nova etapa da vida for encarada dessa forma, um futuro não muito saudável é quase certo, trazendo incapacidades que podem afetar as mais simples tarefas do dia a dia.

 

As imagens a seguir ilustram a visão interna da coxa de três pacientes: Um paciente sedentário de 74 anos, um paciente triatleta de 40 anos e um paciente triatleta de 70 anos respectivamente.

 

 

 

Esses escaneamentos nos ajuda bastante a entender como a distribuição de massa para músculos e gordura funcionam em nosso corpo, no caso na região da coxa. Essa figura é uma ótima ferramenta de motivação, mostrando a diferença entre pessoas sedentárias e ativas e os efeitos que os exercícios tem em nossa fisiologia.

 

Você deve estar ciente que para tornar um músculo maior e mais forte várias variáveis são consideradas. Para aumentar sua massa muscular você precisa sobrecarregar o músculo em questão até o ponto onde ocorra uma falha momentânea do mesmo. Se esse processo for repetido várias vezes no passar do tempo, com uma sobrecarga progressiva, as fibras dos músculos vão crescer em tamanho, fazendo com que você seja capas de gerar mais força. Esse processo é conhecido como hipertrofia muscular. Como resultado, você sente um aumento de força nos músculos e, entre outras coisas, seu ossos se tornam mais fortes também.

 

Você pode construir força e maça muscular a qualquer idade, mas se torna mais difícil com o passar dos anos. Força e tamanho muscular crescem, geralmente, entre os 25 a 35 anos, mantendo a forma (se exercitado corretamente) até os 50 anos. Se esses músculos não forem exercitados corretamente é provável que haja um aumento na probabilidade de Sarcopenia. Sarcopenia é a perda de massa muscular com o passar dos anos. É possível que o indivíduo perca de 8 a 10% de sua massa muscular entre seus 40 a 50 anos, tendo um potencial de aumentar para 15% por década depois dos 75 anos (Se o sedentarismo persistir).

 

Um estudo realizado no exterior por Wroblewski e colegas realizaram um estudo em 2011 em atletas entre 40 a 70 anos de idade, triatletas e se exercitavam cerca de 4 a 5 vezes ao longo da semana. As fotos mostradas são, respectivamente, do quádriceps de um atleta de 40 anos, de um sedentário de 74 anos e de um triatleta de 70 anos. A parte branca constitui o tecido adiposo, gordura, enquanto a parte escura constitui a parte boa, tecido muscular ativo.

 

A primeira observação é a similaridade da primeira e terceira foto. Temos uma distância de 30 anos entre os indivíduos das fotos, mas o tecido muscular e a porcentagem de gordura presente parecem ser idênticos.

 

A conclusão final que podemos tirar dessas fotos é que: Todos nós temos a escolha em relação à como queremos envelhecer, se pegamos um caminho sedentário, tendo uma aparência similar com a figura numero 2, ou se tomamos um caminho ativo, que nos proporcionara ótimos resultados de longa data para toda a vida.

 

Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes

August 7, 2017

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

HORÁRIOS DE

FUNCIONAMENTO

 

SEGUNDA - SEXTA

07:00 - 21:00

​SÁBADO 

​08:00 - 12:00

 

  • Facebook Social Icon

Quer falar conosco?

© Fisio Força Cinesioterapia. 

Fale conosco por whatsapp